Política

Úrsula Vidal recebia bolsa de até 12 mil de Abilio Diniz, Lemann e Armínio Fraga.

O RenovaBR é uma iniciativa de empresários e celebridades criada por Eduardo Mujafarj, em 2017, e que tem por objetivo recrutar pelo Brasil afora lideranças políticas promissoras para difusão de suas idéias.

Entre seus patrocinadores está a nata da elite empresarial brasileira, como Jorge Paulo Lemann,( clique aqui ) e Abílio Diniz, ( clique aqui ), ambos classificados como 2º e 14º homens mais ricos do Brasil pela Revista Forbes, e Armínio Fraga, ex- presidente do Banco Central ( clique aqui ).

Para quem recorda de Úrsula Vidal na época em que era filiada ao PSOL pode estranhar sua associação com grupos econômicos que dominam o País, todavia, a atual Secretária de Cultura do Estado, também foi uma das selecionadas pelo grupo. (clique aqui)

Além de uma bolsa de até R$ 12.000,00 (12 mil reais) por mês (clique aqui) os “selecionados” também recebiam cursos de formação política (ou seria doutrinação? ) e até de como se portar nas redes sociais, numa espécie de BBB para políticos, como foi chamado pela Folha ( clique aqui)

Dizendo de outra forma: Úrsula Vidal recebia R$ 12 mil do grande capital financeiro, para receber formação do grande capital financeiro para, se eleita, defender os interesses do grande capital financeiro.

Se pararmos para pensar, isto em nada distoa da carreira política de Úrsula Vidal, afinal, mesmo quando ainda era do PSOL trabalhava como apresentadora da rádio cujos os proprietários eram Helder e Jáder Barbalho, ou seja, o grande capital financeiro. Querem mais?

Etiquetas

3 Comentários

  1. Na realidade o que há são favorecimento e se fizer uma operação pente fino, vai descobrir um monte de bandidos, e a população não sabe de nada deve se aposentar com salário gordo,sem nunca ter prestado concurso público isto é uma vergonha

  2. Boa noite, mas a “notícia” pra quem faz imprensa e busca a verdade dos fatos trabalha com mais evidências, qual era o valor que ela recebia do RenovaBr? Até 12 mil? Qual era o material do curso de formação que sugere doutrinação como o texto tendência ? Tá parecendo mais queimação política do q de fato comunicação social.

    1. É a sua opinião. O ParaWebNews todavia entende que não precisa fornecer todas os dados que envolvem a notícia, mas a penas “a notícia”. Quanto à evidências, todas estão nos links sugeridos na matéria. De mais a mais, pelo que sabemos a própria Úrsula até o presente momento não negou os fatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar