Contate-nos

Opinião

Por que Guga Chacra repudia ofensas à esposa de Macron mas não ao menino Ivo?

Publicado

em

Paulo Guedes fez um comentário desnecessário e ofensivo contra Brigitte Macron, primeira-dama da França, indo no embalo de um comentário do presidente Jair Bolsonaro na sua página oficial no facebook.

Na tentativa de criticar a imprensa por repercutir mais as polêmicas declarações do presidente e não mostrar o que está sendo feito de bom pelo governo, Paulo Guedes perdeu os ritos do cargo e teve seu momento Bolsonaro numa palestra em Fortaleza. “A mulher é feia mesmo”, disse o ministro aos risos.

Obviamente, que uma declaração deste nível vindo de um ministro de Estado pegaria mal e ganhou repercussão na mídia. Na mesma noite o Ministério da Economia divulgou nota minimizando as declarações de Paulo Guedes.

Outro caso parecido aconteceu no último final de semana durante as comemorações pelo 7 de setembro quando o presidente Bolsonaro quebrou o protocolo e chamou Ivo Gonzalez, de 9 anos, para desfilar ao seu lado dentro do carro presidencial. Numa matéria do G1 que falava da felicidade do garoto pelo momento vivido, o perfil oficial do portal de notícias da Globo fez um comentário também ofensivo contra esta criança.

Veja também : Página do G1 chama criança que desfilou com Bolsonaro de imbecil

Nota do G1 não repudia o conteúdo do comentário contra a criança.

Instantaneamente, “prints” do comentário viralizaram nas redes sociais. Logo depois o G1 publicou uma nota onde condena o uso indevido da conta. Porém, não condenou os conteúdos da mensagem e nem pediu desculpas a Ivo Gonzalez e nem a seus familiares.

Temos aí duas situações graves de comentários ofensivos. Um de um ministro de Estado contra a primeira-dama da França; e outro de um dos maiores portais de notícias do país contra uma criança. O que diferencia aí é a repercussão dos casos na mídia tradicional e entre os comentaristas e influenciadores.

A diferença de tratamento entre os casos é gritante. O comentarista Guga Chacra no programa Em Pauta da Globo News fez um longo, repreensivo e incisivo comentário sobre Paulo Guedes pela fala contra Brigitte Macron.

Classificou como fiasco, patético, nojento e totalmente infeliz a declaração. E questiona: ‘o que está acontecendo no Brasil?’. Diz ainda que isso é vergonhoso e fala da imagem deteriorada do país no exterior por causa dessas declarações polêmicas de autoridades brasileiras. Guga Chacra fala ainda da ‘normalização do absurdo’ e diz que na iniciativa privada tais declarações gerariam demissões.

O vídeo abaixo traz o comentário sobre o caso Paulo Guedes. Entretanto, fica a pergunta retórica: Será que o ‘Em pauta’ vai colocar em pauta a outra polêmica, o comentário do ofensivo do portal G1 contra uma criança? Teremos comentários do Guga Chacra classificando tal manifestação de fiasco, patético, nojento e totalmente infeliz? Será que ele vai questionar o que anda acontecendo com a grande imprensa brasileira e sua normalização do absurdo? E o mais importante já que neste caso estamos falando da iniciativa privada: o responsável pelo comentário foi demitido?

Veja o vídeo

Todos os direitos reservados © 2019 Para Web News.