Nacional

Paysandu: Conselho Deliberativo condena ideia de acionar a FIFA no caso ‘Garfada dos Aflitos’

A intenção do Paysandu em lutar por uma vaga na Série B de 2020 perdeu força. O presidente do clube, Ricardo Gluck Paul, comunicou em reunião aos conselheiros do Papão, a estratégia de ir até a Corte Arbitral do Esporte (CAS) na FIFA, após derrota no STJD, em que os alvicelestes pediam a anulação da partida contra o Náutico-PE, devido ao erro de arbitragem do Leandro Pedro Vuaden.

Em conversa com a equipe de OLiberal.com, o presidente do Condel bicolor, Edson Ortiz, comentou sobre a análise do pleito alviceleste de ir à Corte Arbitral, mas o consenso foi de não levar adiante a disputa jurídica.

“O Ricardo apresentou tudo, mas a opinião do conselheiros foi de encerrar por aqui a batalha judicial. Não teve votação, nem nada, mas em um consenso, informamos que é melhor terminar e o Paysandu seguir o caminho, principalmente depois de terem negado o pedido de anulação do jogo no STJD. Não há mais necessidade de se discutir o assunto, infelizmente não vai valer à pena”, comentou, Ortiz.

ATO LOUVÁVEL 

O mandatário do Condel bicolor ressaltou a importância da briga que o presidente do Condir do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, liderou e foi categórico sobre a autoria da canetada final acerca de um possível acionamento da FIFA.

“A questão levantada e discutida pelo presidente Ricardo Gluck Paul foi muito salutar. Ele fez o que tinha que ser feito e brigou pelo Paysandu. Ele possui o direito de querer levar o caso à Corte Arbitral, já que ele é o presidente do clube. Mas como ele pediu a nossa opinião, levou ao conselho, acredito pouco provável que siga com isso”, disse, Edson Ortiz.

Ricardo Gluck Paul confirmou ao OLiberal.com que tinha exposto o assunto e que ainda estuda o caso com os advogados do clube, pois ainda possui 20 dias para recorrer do resultado no STJD.

Fonte: O Liberal

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar