EsporteNacional

Parte da torcida do Santos para jogadores do Ceará: “Jogador do nível deles tem que jogar no Norte…”. Assista

Denuncias de racismo, xenofobia e preconceito regional foram relatados no jogo entre Santos e Ceará, na Vila Belmiro, nesta quinta (17).

O jogo que terminou 2 a 1 para o Santos, ficou polêmico depois que um grupo de torcedores do Santos começou a insultar os jogadores do Ceará que estavam no banco de reservas.

Os relatos vão desde insultas racistas, xenofóbicos, preconceito regional contra as regiões Norte e Nordeste. “Jogador do nível deles tem que jogar no Norte…”, relatou a repórter que cobria a partida.

No final, o jogador Thiago Galhardo do Ceará, comentou sobre as lastimáveis cenas que presenciou. O jogador relatou que o grupo de torcedor chamou o volante Fabinho, do Ceará, de “negão e vagabundo”.

– Um espetáculo bonito, parabéns pela vitória do Santos… Mas o cara querer menosprezar o Fabinho, menosprezar a mim, fazer ato racismo para ele… Chamaram de negão e vagabundo. O futebol perde a essência, o brasileiro tem que se controlar mais – disse Galhardo ao Esporte Interativo.

O jogado também relatou o preconceito regional:

– O cara beber, xingar a gente… Acho que ele tinha que estudar mais. Falar que o Ceará joga no Norte… Ou eu não entendo muito ou acho que estudei de sacanagem – desabafou.

O Santos que tem seu maior ídolo e rei do futebol um jogador negro, Pelé, ainda não se pronunciou. O Ceará, porém, divulgou nota repudiando os insultos.

VEJA VÍDEO

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar