Política

Namorada de Lula deixa Itaipu e abre mão de R$ 20 mil por mês

socióloga Rosângela da Silva, de 52 anos, aderiu ao Programa de Demissão Voluntária da Itaipu Binacional, empresa estatal onde trabalhou por pouco mais de 14 anos. Com a demissão, ela deixará de receber o salário de R$ 20 mil a que tinha direito como concursada. Janja, como também é conhecida, vai se casar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 74 anos.

As informações são do jornal Folha de S.Paulo, o qual noticiou que a saída de Lula da cadeia precipitou a demissão, que já estava nos planos de Rosângela. A Itaipu Binacional confirmou a adesão ao PDV e informou que a funcionária será desligada oficialmente em janeiro de 2020, após o período de férias e folgas a que tem direito.

Janja trabalhava no escritório da Itaipu em Curitiba, cidade onde Lula passou 580 dias preso, e usava dias de folga e horários pós-expediente para visitar o ex-presidente na sede da Polícia Federal na capital paranaense.

Se continuasse na estatal, ela teria que acatar a transferência para Foz do Iguaçu (PR), onde fica a usina hidrelétrica que dá nome à empresa. O governo de Jair Bolsonaro (PSL) decidiu neste ano fechar o escritório da Itaipu em Curitiba e concentrar os trabalhos em Foz do Iguaçu. A mudança será finalizada no início de 2020.

Na Itaipu, Rosângela trabalhava na área de responsabilidade social da empresa e se ocupava de ações de voluntariado.

Com informações de Metrópoles

Etiquetas

Eduardo Cunha

Eduardo Cunha é o editor chefe do ParaWebNews. É Advogado (UFPA) com especialização em ciências criminais, músico, social media, blogueiro e jornalista, acumulando anos de experiência dos bastidores da política no Estado do Pará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar