Denúncia

Mensagens mostram que PCC financiou ações judiciais do PT e PSOL; assista

O MP de São Paulo está investigando o pagamento de milhões de reais realizado pela Primeiro Comando da Capital (PCC), maior organização criminosa do país, para advogados do partido dos trabalhadores (PT) e para a ONG do Rio de Janeiro chamada Anjos da Liberdade, com ligações com o (PSOL).

Mensagens encontrados no celular de Decio Português, braço direito de Marcola, líder do PCC, preso em agosto deste ano, mostram os valores e as formas com que esses pagamentos eram feitos.

As ações a serem ajuizadas no STF, e na Corte Interamericano de Direitos Humanos tinham por objetivo derrubar a portaria do ministro da justiça, Sérgio Moro, que colocava restrições às visitas de presos nos presídios federais.

Os pagamentos ao PT foram feitos através do advogado Carlos Nicodemos, e à ONG pelo advogado Geraldo Prado.

VEJA A REPORTAGEM DA RECORD:

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar