Política

Helder teria cedido a pressão de aliados políticos para interferir no caso Alter do Chão

A interferência do governador Helder Barbalho na condução da operação Fogo Sairé tem gerado bastante repercussão na sociedade civil e no meio político.

Conforme mostramos mais cedo, delegados da Polícia Civil do Pará divulgaram nota repudiando a conduto do governador frente ao caso.

ver também: Delegados do Pará lançam nota repudiando troca de delegado no caso Brigada de Alter e Associação dos Magistrados do Pará divulga nota de apoio ao juiz do Caso Alter do Chão

De acordo com o jornalista Carlos Mendes do portal Ver o Fato, Helder Barbalho teria cedido às pressões políticas de aliados partidários para que o delegado fosse afastado. Partidos de esquerda aliados de Helder, como o PSOL e o PT, manifestaram críticas a operação Fogo Sairé e classificaram como perseguição ao trabalho das ONGs na Amazônia.

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados chegou a cogitar convocar Helder Barbalho para prestar esclarecimentos sobre o caso Alter do chão.

Ver também Por que Helder interveio na questão dos brigadistas de Alter do Chão?

Com a ingerência, conforme alertou o portal Ver o Fato, foi a imagem da Polícia Civil do Pará que saiu arranhada desse episódio, provocado pela intervenção de Helder. Isso poderá gerar relutância dos delegado em mexer com alguma investigação onde houver interesse político de aliados do poder estadual, irá se sentir seguro para mexer em casa de marimbondos.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar