Contate-nos

Denúncia

Helder gravado às escondidas tenta “enrolar” concursados. Escute o audio.

Publicado

em

O Governador Helder Barbalho foi flagrado tentando explicar a ‘quadratura do círculo”. Coisa que políticos de berço, como ele, foram treinados a fazer antes mesmo de aprender a andar. Afinal, ninguém pode acusado-lo de não ter tido grande tutor.

O tucupi é sempre o mesmo, o “pato” é que muda.

Helder só não contava que o “pato”da vez, estava gravando a conversa toda.

Para quem pegou o bonde andando, explicaremos: Helder Barbalho não fez sequer um concurso público nesses 7 meses de mandato. Ao invés disso, tem contratado temporários burlando a regra do concurso público prevista no inciso IX do art. 37, CF. 

Ou seja, em vez de fazer concurso público, ou chamar os aprovados nos concursos públicos anteriores ao seu, o Governo tem criado sistematicamente, ao arrepio da lei, Processos Seletivos Simplificados e contratado temporários, no que se chamou de “a farra dos temporários” ( leia aqui )

No audio gravado, um concursado da SEDUC o questiona sobre o porquê de o Governo do Estado do Pará publicar um PSS chamando para cargo de professor ( o que burla a regra do concurso público) se sequer chamou os professores aprovados no concurso anterior. A resposta é aquela que se escuta no audio.

Mas não é só isso. O que o Governador chama de “excedente” no audio, tem outro nome: cadastro de reserva.

Se não bastasse o total desprezo aos concursados, Helder ainda confessa uma prática mesquinha e odiosa daqueles que vêem a educação apenas como número. Unir salas para economizar educadores é no mínimo desconhecer, ou ignorar, todas as práticas fundamentais de educação. Quem perde sempre é o aluno.

No mais, o que se escuta é o velho “enrolation”. Língua que Helder aprendeu a falar desde criancinha.

Todos os direitos reservados © 2019 Para Web News.