EntretenimentoVida Selvagem

Golfinhos estão usando baiacus como “baseado” para ficarem doidões; assista

Que golfinhos são fofos, inteligentes e amigáveis todo mundo já sabe. No entanto, há uma outra característica desse bicho que era desconhecida até então: ele gosta de ficar doidão.

É isso que constaram pesquisadores da Universidade de Murdoch, na Austrália, em um novo estudo durante o qual analisaram golfinhos da costa australiana, no estuário de Leschenault.Em muitos momentos, alguns golfinhos jovens foram avistados segurando baiacus pela boca – tipo de peixe que possui uma toxina chamada tetrodotoxina presente em grande parte de seu corpo.

A tetrodotoxina é uma potente neurotoxina que bloqueia a ação dos nervos. Se consumida, ela pode ser mortal aos predadores do peixe, até para nós, humanos.

O documentário Dolphins – Spy in the Pod, do canal BBC, traz algumas cenas de golfinhos ‘mastigando’ baiacus e passando o peixe entre si, de forma que todos tenham a experiência.

De acordo com o documentário, pequenas doses de tetrodotoxina têm um efeito narcótico no corpo, de forma que os golfinhos estariam utilizando a toxina como um uso recreacional de uma droga. Porém, há quem diga, na comunidade científica, que o ato só possibilita que os animais fiquem com sensação de dormência, e não se sentam ‘altos’.

Veja o vídeo:

Fonte: GALILEU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar