Política

General Paulo Chagas responde a pedidos de intervenção militar

O General Paulo Chagas foi aplaudido de pé no Simpósio Nacional Conservador, evento promovido pelo Grupo Brasil Limpo o qual participou com um um discurso contundente sobre os desafios enfrentados pelos patriotas brasileiros no combate à corrupção e ao comunismo.

“Nós deixamos passar muito tempo. Agora, ouvimos mais de uma vez que uma geração precisa ser recuperada. Precisamos construir uma nova geração. As gerações que aí estão já estão contaminadas e a estrutura que temos para fazer essa mudança também está. Demandará muito tempo, muita garra, muita determinação de todos nós para mudar o rumo, levar o Brasil para o rumo que tem que ser levado”, falou o General

“Durante uma das manifestações em Brasília, fui questionado por uma senhora que era intervencionista. Ela procurava ver se eu dava alguma luz para os anseios dela de que houvesse um golpe militar. Ela me perguntou: ‘General, afinal, o que temos que fazer?’. Eu respondi que temos de mudar a cara do Congresso. Assim, vamos mudar o Brasil”, afirmou Paulo Chagas

Ao final o General concluiu fazendo um apelo ao povo brasileiro para ocupar um papel de protagonismo “Nossa Constituição tem característica parlamentarista. O poder foi colocado propositadamente no Congresso. É lá que está o poder. É lá que temos de manobrar. (…) Todo o poder emana do povo. Ele tem que estar preparado para exercer esse poder, ou alguém o exercerá por ele”

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar