Entretenimento

Fafá interrompe ativista negra e é criticada nas redes sociais. “não são as pretas, são as pobres” veja.

A cantora paraense Fafá de Belém foi hoje, 12, um dos assuntos mais falados nas redes sociais após participação no programa Encontro com Fátima. O tema do programa era sobre o assédio sofrido por empregadas domésticas durante o trabalho. Além de Fafá de Belém, o Encontro trouxe alguns convidados para falar sobre este ponto.

A cantora foi acusada de interromper a todo o momento os convidados negros para falar sobre racismo. Internautas alegaram que ali não era o seu lugar de fala.

Um dos pontos mais polêmicos do programa foi quando a escritora Preta-Rara – que lançou um livro sobre esse assunto- citou a opressão das mulheres pretas. Fafá cortou: “Não são só as mulheres pretas, são as mulheres pobres. A parda, a menina cabocla, a ribeirinha”, disse a cantora paraense levando em consideração o universo amazônico.

A apresentadora Fátima Bernardes e a escritora explicaram que, de acordo com levantamentos oficiais, a maioria da população pobre é negra, sem levar em conta algumas diferenças regionais.

Em outro momento, Fafá de Belém também interrompeu o ator David Junior, que falou sobre o papel dos homens no processo de lutar contra o abuso sexual. A paraense disse que o maior problema é a “omissão das mulheres”.

A participação polêmica de Fafá rendeu muito e dividiu opiniões. Alguns internautas acusaram a cantora de racismo. E você, acha que Fafá errou?

Veja a partir de 3:15

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar