Regional

Entenda o projeto do Mercado de São Brás; 3 mil empregos serão gerados

Ainda neste mês de dezembro a prefeitura de Belém deverá abrir edital para a revitalização do mercado de São Brás através de uma Parceria Público-Privada (PPP). O edital prevê também a restauração dos anexos do mercado.

O projeto foi desenvolvido pelo escritório M2p Arquitetura, do arquiteto Aurélio Meira. A ideia é a instalação de um polo gastronômico com bares, restaurantes e ainda a urbanização do entorno do mercado.

A empresa que atender os critérios técnicos no edital a ser lançado, terá que reformar o mercado e poderá assim explorar econômicamente o espaço por 30 anos, de acordo com o que a Prefeitura de Belém informou no aviso prévio de licitação.

A expectativa que o espaço ajude no fluxo turístico e na geração de emprego e renda. O mercado deve gerar entre 1,1 a 1, 3 mil empregos diretos, e outros 3 mil empregos indiretos em Belém.

Em meio a guerra política entorno dessa revitalização do espaço, surgem as fake news e a guerra de desinformações. É bom estar atento aos fatos.

O mercado de São Brás será privatizado?

O Mercado não será privatizado como alguns grupos políticos e a própria mídia paraense afirmam.

A revitalização do Mercado de São Brás será através de uma PPP assim como a sua administração. Ele não será vendido em definitivo, o poder público não perderá sua influência sobre o local, a empresa que assumir a administração terá que seguir as regras propostas no edital, podendo a prefeitura, caso observe que as regras estabelecidas não estão sendo cumpridas, romper o contrato e reassumir diretamente a administração do mercado.

Os permissionários serão expulsos do local?

Não serão expulsos. O edital prevê que os atuais permissionários sejam integrados ao novo pólo de gastronomia. De acordo com a Prefeitura de Belém, os trabalhadores do mercado de São Brás receberão cursos técnicos, capacitação e fomento aos negócios, além de financiamentos para os ajustes da padronização dos equipamentos.

Já há imagens do novo projeto?

Sim, o projeto vem sendo maturado há 2 anos, dentro do projeto Desenvolve Belém. Veja as imagens divulgadas em agosto deste ano:

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar