Corona VírusPolítica

Em live, Wlad esculacha o “Super-H” e afirma “não adianta comprar briga com o Governo Federal é de lá que vem o dim dim”

Em uma live transmitida em sua rede social, o ex-deputado federal Wlad Costa, comentou de forma bem humorada o cenário político paraense e aproveitou para debater com sua equipe os decretos e decisões dos estadistas para combater o Covid-2019.

Wlad, fantasiado de Super H, uma analogia ao governador Helder Barbalho, com um colchonete na mão disse “acabei de voltar do Mangueirão, estou ainda de quarentena”.

O ex-deputado comentou a postura adotada pelo governador do Estado que, segundo ele, precisa entrar em consenso com o Governo Federal. Em meio a uma crise financeira, o apoio econômico proveniente de uma boa relação com o Governo Federal seria de suma importância para o estado.

Ao final, Wlad afirmou que uma das possíveis indicações de Helder para concorrer à prefeitura de Belém, seria a secretária de cultura Ursula Vidal, aproveitando para ironizar o fato da secretária mudar de partido conforme sua conveniência.

Wlad fantasiado de “Super-H”

Wlad, criticou os pastores e líderes espirituais que se utilizam da fé alheia para pedir dinheiro em meio a uma situação de calamidade pública.

Utilizando da sátira e em um “bate-papo” com jornalistas da Tv Capital, Wlad garantiu aos internautas que a maioria das atitudes tomadas por Helder Barbalho, não terão eficácia a longo prazo se não houver um diálogo franco com autoridades, tanto da esfera municipal quanto federal.

Por fim, ele esclareceu ao público que por ser um assunto atual, o coronavírus se tornou um verdadeiro espetáculo no estado do Pará. Cada caso constatado vira uma live nas redes sociais do Super-H, que nessa história toda o que importa é colocar comida na mesa do povo e não fazer proselitismo com um assunto tão sério.

Pontos para ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
× Fale Conosco