Política

Condenado em 1º instância por improbidade, Edmilson comemora decisão do STF e liberdade de Lula

Por maioria de votos, 6 a 5, o STF julgou ontem, 7, as Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) nº 43, 44 e 54, considerando o artigo 283 do Código de Processo Penal, constitucional, e na prática, impedindo a execução provisória da pena.

Trocando em miúdos, salvo as hipótese de prisão cautelar, só poderá haver a prisão, após esgotados todos os recursos do réu, quando então haveria o “trânsito em julgado da condenação”.

A decisão foi comemorada pelos grupos de esquerda, uma vez que também possibilita a soltura do ex presidente Lula.

Um grupo de apoiadores do ex presidente comemorou a decisão no pátio da frente da própria corte. Na foto podemos ver o ex-ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência de Lula, Gilberto Carvalho, sem camisa, comemorando. Ao lado dele, bandeiras vermelhas e bebidas.

No Pará, o deputado federal do PSOL, Edmilson Rodrigues, condenado em 2016 em primeira instância por improbidade administrativa, acusado de desviar valores do FNDE referentes a 14 mil livro, comemorou a decisão em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar