Contate-nos

Economia

Chega em Belém, o Programa “Ela Pode Empreender”

Publicado

em

No próximo dia 21 de setembro (sábado), Belém recebe a ação “Ela Pode Empreender”. Será um dia inteiro voltado para atividades de empreendedorismo protagonizado por mulheres nas mais diversas situações econômicas e sociais. Ela Pode!!

A ação está sendo realizada pela Rede Mulher Empreendedora primeira maior rede de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil com mais de 500 (quinhentas) mil participantes cadastradas em sua plataforma a partir de sua vertente, o Instituto Rede Mulher Empreendedora, que tem o foco em causas sociais, políticas públicas e ações voltadas para mulheres em situação de vulnerabilidade social.

O Instituto atua fomentando o empreendedorismo feminino, a independência financeira e de decisão da mulher. No ano passado, 2018, o IRME em parceria nacional com o Google Foundation desenvolveu o maior programa de capacitação de mulheres do país, intitulado Programa Ela Pode, cujo objetivo é promover capacitação em diversas áreas do empreendedorismo para 135 mil mulheres brasileiras nos próximos dois anos (2019-2020), colaborando assim para criar suas próprias oportunidades econômicas, ajudando-as a tornarem-se confiantes e preparadas para o autodesenvolvimento pessoal e profissional.

Assim, o “Ela Pode Empreender” inaugura uma série de ações que o Instituto Rede Mulher Empreendedora pretende realizar na região de Belém. Programado para ocupar os espaços da Casa das Artes, a ação terá palestras nas áreas de comunicação, tecnologias, organização financeira e histórias de mulheres que tiveram seu ponto de virada e hoje seguem exclusivamente como empreendedoras; assim como palestras sobre o empreendedorismo nas esferas da maternidade, familiar e trans.

Além disso, o bem-estar e autocuidado são pontos importantes e também estão destacados no dia. Para isso, foram montadas rodas para diálogo sobre sagrado feminino e masculino, dinâmica corporal e espaço infantil. O jardim da Casa das Artes também recebe rodas de conversa sobre violência contra mulher (física, financeira, psicológica) e como montar um negócio a partir da escuta.

A programação conta ainda com feira criativa, onde diversas mulheres estarão expondo trabalhos que vão desde alimentação vegana e não-vegana, artesanato, cerâmica, moda sustentável, doces, biojóias, saboaria e aromaterapia.

Instituto e Rede Mulher Empreendedora – o que são?

A Rede Mulher Empreendedora é a primeira e maior rede de apoio ao empreendedorismo feminino do Brasil, com mais de 500 (quinhentas) mil participantes cadastradas em sua plataforma. 

Tem o propósito de aumentar a visibilidade das empreendedoras e seus negócios; desenvolve um trabalho de conexão entre mulheres por meio da promoção de eventos, cursos, mentorias e capacitações onde mulheres se inspiram, se conectam, trocam experiências, aprendizados e se fortalecem. No ambiente digital, atua na geração de conteúdo com pesquisas, sites, informações, notícias e fóruns de discussões.

A Rede Mulher Empreendedora possui uma vertente social que é o Instituto Rede Mulher Empreendedora com o foco em causas sociais, políticas públicas e ações voltadas para mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Em 2019, o Instituto Rede Mulher Empreendedora lança a 4ª edição da mais importante pesquisa brasileira sobre empreendedorismo intitulada “Empreendedorismo no Brasil 2019 um recorte de gênero nos negócios”. As pesquisas da RME sobre empreendedorismo feminino têm sido utilizada como principal referência na área em todo o país.

Além do Pará, outros 9 (nove) estados brasileiros também recebem ações do Programa Ela Pode. Juntas, estas atividades construirão um impacto positivo na vida de 10 mil mulheres brasileiras em diferentes comunidades.

Serviço:

Data: 21/09/2019 (Sábado)
Horário: 9h às 18h
Local: Casa Das Artes, Praça Justo Chermont, 236 – Nazaré
Belém/PA.
Inscrições

Fonte: Revista Pará mais

Clique para comentar

Todos os direitos reservados © 2019 Para Web News.