Política

Câmara municipal de Bragança concede licença a vereador foragido

Tudo acontece no cenário político paraense . O descaso com a população e a falta de decoro norteiam a maioria das decisões políticas tomadas em plenário.

Uma dessas decisões tem revoltado a população. Isso porque em fevereiro de 2020, o presidente da CMB, o vereador Renato Paiva de Oliveira (PSC) concedeu licença ao foragido da justiça, acusado de ser o mandante do assassinato do radialista Jairo de Sousa, o vereador César Monteiro (PR).

De acordo com informações, César teria contratado um grupo para assassinar o radialista. Jairo foi assassinado na madrugada do dia 21 de junho de 2018 em Bragança.

O vereador defende sua inocência e afirma está sendo perseguido pelos veículos de comunicação ligados à prefeitura local.

Em janeiro de 2020, foi agendada a primeira audiência de instrução processual para apurar a morte do radialista. 8 dos 11 réus citados na denúncia do MP estiveram presentes, todavia o vereador César Monteiro, acusado de ser o articulador do crime não compareceu à audiência. Foi decretada a prisão dele e o vereador segue foragido.

Não se sabe quem protocolou o pedido de licença do vereador, o que se sabe é que no ofício o vereador está de licença para “tratar assuntos de interesse particular”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
× Fale Conosco