Política

Caiu o nº 2 da SUSIPE, Coronel Matos.

Que a SUSIPE e o Governo Helder estão agindo feito barata tonta diante do massacre ocorrido em Altamira, o segundo maior depois de Carandiru, ninguém duvida.

Se não bastasse o número grande de mortos, 57, 16 desses por decapitação, ocorridas na rebelião, a SUSIPE ainda não evitou que 4 presos, sob sua custódia, fossem mortos, por sufocação, no caminho de Altamira para Marabá, em um caminhão cela, nesta madrugada.

Talvez este último fato tenha sido determinante para que o Governo Helder Barbalho pedisse a cabeça do, Coronel Matos, diretor-geral penitenciário. Depois de Jarbas Vasconcelos, o segundo homem mais forte na Superintendência. No lugar dele assume Arthur Rodrigues Moraes.

Se continuar a lambança talvez mais gente graúda caia.

Um Comentário

  1. Ele não “caiu”. Foi exonerado A PEDIDO, no dia 30 de julho, obviamente antes do ocorrido em Altamira, essa informação está ai na matéria de vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar