Contate-nos

Política

Associação de arbitragem rebate Edmilson: “condenado por improbidade administrativa”

Publicado

em

A polêmica partida entre Náutico e Paysandu no último domingo continua rendendo. O deputado Edmilson Rodrigues (PSOL) não perdeu a oportunidade e falou sobre o assunto no plenário da câmara para criticar a arbitragem da partida. ” Não só por ser torcedor, mas é um prejuízo ao futebol brasileiro quando um juíz age de forma ilícita […]. Juiz ladrão é inadmissível”, disparou o deputado.

Nesta quinta-feira (12), a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF), divulgou uma longa nota rebatendo as críticas de Edmilson Rodrigues. A nota inicia lembrando que o deputado é condenado por improbidade administrativa por causa da compra de livro sem licitação.

A nota lembra ainda que só este ano o deputado já gastou R$ 1 milhão em verba de gabinete e que ao invés de comentar sobre algo fora da sua especialidade, deveria, enquanto deputado, se preocupar a melhorar a educação paraense que está entre as piores do mundo. “O deputado, que só este ano, segundo o portal da transparência da câmara dos deputados, já gastou quase 1 milhão de reais com verba de gabinete, deveria ao invés de utilizar os microfones da câmara para atacar não o Vuaden, mas a arbitragem brasileira, se preocupar por apresentar projetos que melhorem os ínidices da Educação no Estado do Pará, que no ano passado esteve classificada entre as piores do Brasil”, responde a Agência.

Aqui cabe bem aquele ditado: “foi colher lã e saiu tosquiado”.

VEJA A NOTA COMPLETA:

Todos os direitos reservados © 2019 Para Web News.