Denúncia

Após um mês de reinaugurada, estátua de São Benedito começa a desabar

O Mirante de São Benedito, em Bragança, um dos principais cartões-postais da cidade, está ruindo novamente. Uma parte do monumento já desabou. Outras partes sofrem com infiltrações e goteiras.

Devidos aos riscos, a defesa civil resolveu interditar a visitação ao Mirante.

OBRA QUASE MILIONÁRIA

A obra foi entregue à população de Bragança em dezembro passado, na abertura das festividades que homenageiam São Benedito. O restauro do monumento foi feito pelo governo do Pará, através da Secretaria de Cultura do Pará cuja titular é Ursula Vidal, com custos finais de R$ 870 mil.

OBRAS POLÊMICAS DE URSULA VIDAL

Ursula Vidal tem chamado atenção a frente da SECULT por obras polêmicas e com valores questionáveis.

Além do Mirante de São Benedito, outra obra que causou polêmica foi o famoso “puxadinho da Casa das 11 Janelas”, onde está sendo colocada uma estrutura em metal que agride o prédio e a paisagem histórica do Feliz Lusitânia, em total desarmonia.

Em 2019, viralizou nas redes sociais a “fachada fake” que a SECULT colocou na frente do Palacete Faciola na avenida Nazaré, em Belém.

Outra obra polêmica e com valores questionáveis foi a obra de revitalização do monumento da Cabanagem. De acordo com a própria placa instalada pelo governo do estado próximo ao monumento, foram gastos R$ 1,3 millhões na reforma. No início do mês, um vídeo do português questionando o que foi feito e o valor da obra viralizou nas redes sociais.

E teve ainda a polêmica obra no forro do Teatro da Paz. A obra estava estimada em cerca de R$ 1 milhão e deveria ser concluída em julho de 2019, o que não ocorreu. A contratação para realização da empresa foi feita com dispensa de licitação e dois aditivos aumentaram os custos e o prazo de conclusão que se encerrou agora em janeiro. Resultado: no dia do aniversário de Belém parte do forro do teatro desabou e outras áreas sofrem com infiltrações.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Open chat
Denúncias, informações ou sugestões
Olá!
Estamos aguardando seu contato.
Powered by